Irmãs dos Pobres

de Santa Catarina de Sena​

Chamadas para Comunicar Deus

Nós devemos Comunicar Deus, e o instrumento da Comunicação somos nós

Com estas poucas palavras pretendemos definir nosso Site Institucional como instrumento de encontro e “lugar” do estilo de comunicação Saviniano.

A nossa comunicação deve ser lugar de encontro, de diálogo. Lugar onde a verificação da qualidade do nosso comunicar não se baseie em números, mas na eficácia da colaboração e da comunhão.

Compreendemos realmente a responsabilidade de sermos nós mesmos o instrumento através do qual Deus deseja comunicar seus bens às pessoas com as quais entramos em contato? Não se trata de ceder a ofertas baratas, à mediocridade, ao nosso prazer ou interesse pessoal, mas, acima de tudo, de nos formarmos na transmissão dos valores em que acreditamos. E expressar de forma incisiva o específico que nos foi confiado: o Carisma Saviniano.

 As nuances das diferentes comunidades são muitas e uma riqueza real que surge de uma única raiz: onde quer que nos encontremos vivendo nosso chamado, devemos ter a coragem de ir contra a maré – se necessário – e harmonizar todos os dons que transbordam da preciosa criatividade do Espírito. 

A boa comunicação não é algo para ser dado como certo, mas é obtido pela formação de uma “mentalidade comunicativa” – e para isso é preciso estudar, além de aprender as novas tecnologias digitais em constante mudança. 

Não somos números e não queremos ser estimados pela quantidade de visualizações. Somos “relação”. Somos fraternidade, e a fraternidade exige não apenas aceitação mútua, mas comunicação de vida. Por isso mesmo, queremos focar as mensagens em valores autênticos.

Uma boa comunicadora Saviniana jamais comunica a si mesma, comunica Deus e sabe que é uma ponte, não porto. O nosso Plano de Comunicação deve ir muito além do pensamento. Iniciamos um percurso formativo na Família Saviniana, este percurso formativo para comunicar Deus com o que somos, com o que fazemos e com os meios de que dispomos. Não é uma corrida onde é importante chegar por primeiro: a vitória é chegarmos juntas, unidas.

Certas e convictas de que somos o “instrumento de comunicação”, partimos com confiança!